Os likes do Instagram não aparecem mais – eles ainda são relevantes?



Os usuários brasileiros do Instagram foram pegos de surpresa no dia 17 de julho de 2019. Ao darem aquela conferida matinal básica na timeline, notaram que o número de likes das postagens havia sumido. A primeira reação da maioria foi olhar o próprio perfil, o que só aumentou a confusão: o número de likes estava lá! Afinal, o que está acontecendo?


Não era um bug, mas também não era para ser definitivo – ao menos, é o que dizia o Instagram à época. O Facebook (dono do Insta) vinha testando essa mudança em outros países e, naquele momento, havia chegado a vez do Brasil, o segundo maior mercado da rede social, atrás apenas dos Estados Unidos.


Oficialmente, é algo que ainda está sendo testado. Porém, o Instagram tem dados seguidos sinais de que está levando muito mais a sério o bem-estar e a saúde mental dos seus usuários. Também nos últimos anos, adotou ferramentas anti-bullying, como uma que pede dupla confirmação para comentários identificados como agressivos.


Assim, se você usa a rede social profissionalmente ou se o Insta é um canal relevante para a sua estratégia de Marketing Digital, já deve ter se acostumado com a ideia de não ver mais o número de likes por ali. Saiba que isso pode ser uma excelente oportunidade. Continue lendo o post para saber como ver essa mudança de forma positiva.


Onde os likes do Instagram foram parar?


Os likes do Instagram não sumiram. Você pode continuar vendo quantas curtidas cada uma de suas postagens teve. Quem não vai poder ver são os seus seguidores – e você os likes dos posts dos outros. Portanto, esse dado ainda estará disponível para ser analisado. Ele muda de significado, porém. Ah, ainda dá para ver tudo na versão desktop, caso você insista.


A tendência é que diminua ou até mesmo acabe aquele “efeito manada”. Ou seja, usuários que costumam dar seu likezinho só porque “todo mundo deu”. Esse efeito psicológico de fato sumiu. Agora, seu cérebro doido por inserção social só vê, no máximo, a seguinte informação: “Fulana de Tal (uma pessoa que você segue) e outras (ou milhares ou milhões de) pessoas curtiram”.


Às vezes nem isso, quando ninguém que você segue deu um like na imagem ou vídeo. Isso quer dizer que, na grande maioria dos casos, não haverá nenhum tipo de pressão social para o usuário engajar com uma postagem. Mas sabe o que continua aparecendo? O número de comentários. Temos um insight aí, não é mesmo, jovem?


Quer reações nos seus posts? Instigue diálogos!


Mesmo antes dessa mudança, os comentários já eram um engajamento mais valorizado pelos algoritmos das redes sociais. A premissa é que aquele conteúdo despertou no usuário a vontade de ter o trabalho extra de digitar uma frase. Atualmente, esse é quase um esforço sobre-humano em comparação com tocar duas vezes na tela para gerar um coraçãozinho!


Assim, o sumiço dos likes do Instagram é um motivo a mais para que você produza conteúdos envolventes e relevantes. Será preciso um pouco mais de esforço para atrair a atenção de quem se guiava pela relevância social de uma postagem. Procure gerar valor para seus seguidores, o que é a essência do Marketing de Conteúdo.


Ah, e se você usa robôs para ter mais likes e comentários falsos, saiba que já passou da hora de parar de usar esse tipo de “estratégia”. Agora mesmo é que não faz mais nenhum sentido continuar investindo nesse modelo equivocado de automação. Se quer saber como operar o Instagram for Business, a versão para empresas do app, temos um post que explica direitinho.


>> LEIA MATÉRIA COMPLETA!! <<

3 visualizações

VAMOS CONVERSAR

  • YouTube
  • LinkedIn
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • Branca Ícone Pinterest

© 2019 por Eduardo Campelo